Arquivo mensal: janeiro 2008

A Estupidez do Preconceito

Preconceito é uma merda, em todos os sentidos, seja ele regional, racista ou religioso, isso realmente me enoja. O livre-árbitrio existe e a repressão a ele pode e deve ser encarada como crime.

Preconceito

Estava lendo no blog do Guilherme Briggs (AKA meu dublador favorito) este post. O Élcio Sodré (também conhecido como Shiriu de Dragão) criticou duramente a mudança na série LOST, por causa do SOTAQUE CARIOCA que a dublagem feita na cidade maravilhosa deixou no trabalho.

Me desculpe, mas puxar o R e o S pra mim não é motivo pra ser chamado de incompetente.

Não importa se o sotaque vem do Sul ou do Norte, o que importa é se o trabalho é bem feito, pensando sempre em quem vai assistir.

No mesmo dia que li isso, tive uma reunião no trabalho, pra tratar de uma viagem que faríamos 2 dias depois para o interior. Fiquei indignado quando ouvi que nessa cidade tinham apenas criadores de galinha e pessoas pobres.

Quer dizer que só na metrópole é que tem pessoas com grana? Só aqui tem gente com cultura?

O mais legal foi ver a cara do mesmo cidadão chegando na cidade e ver a galera andando de Hilux, Golf, CB 500, CBR 900 RR…. Deu vontade de chegar nele e dizer: “Tudo isso criando galinha, né? Acho que vou criar também!”, fora a educação das pessoas, sempre sorridentes e receptivas.

Tome trouxa.

Update: A dublagem da qual o Sodré se referia é do Sawyer do LOST, detalhe, quem faz é o próprio Briggs!!! Fala sério Sodré!

Eleição nos EUA é desfalcada

Existem pessoas que fariam de tudo por um cargo, até enfrentar Chuck Norris. Foi o caso do candidato repúblicano a presidência dos EUA Mike Huckabee, veja foto do embate:

Huckabee e Norris
Huckabee tentou se defender com uma canção de ninar, mas não foi páreo para o Houndhouse Kick

Os médicos prevêm que ele volte a falar em 2 meses.

Vi no Yahoo!

Reflexão

Pois é negada, 2007 já foi, 2008 já chegou e cá estamos nós de novo fazendo promessas que difícilmente vamos cumprir.

Momentos depois da virada do ano, estava eu matutando com meus botões e vi que o tempo passou, e eu já não sou nenhum garoto, o fato do meu aniversário de 25 anos estar a 2 dias também reforça esse raciocínio.

Talvez seja a crise do quarto de idade, talvez seja muita cerveja na cabeça, ou talvez seja frescura mesmo, mas que o tempo passa voando e a gente quase nunca percebe, isso sim é verdade.

Estava lendo esse texto no Substantivolátil e me identifiquei muito, a Mirian Bottan sabe mesmo usar as palavras…

Substantivolátil

Happy New Year!

PS: Quem quiser me dar uma lembrança de aniversário e está em dúvida Clique Aqui!!